Política

PCP propõe rejeição das medidas de austeridade

PCP propõe rejeição das medidas de austeridade

 

Lusa/AO online   Regional   13 de Out de 2010, 18:37

O PCP/Açores vai propor no parlamento regional que "as medidas de austeridade recentemente anunciadas pelo primeiro-ministro sejam rejeitadas" na região, alegando que terão "um impacto mais agravado" nas ilhas, devido às "fragilidades e características específicas".
O deputado regional do PCP/Açores, Aníbal Pires, referiu que o partido "apresentou um projecto de resolução para que a Assembleia Legislativa Regional tome posição sobre as medidas de austeridade recentemente anunciadas pelo Primeiro-Ministro, a discutir já no plenário do mês de Outubro".

Para os comunistas, "as medidas, a concretizarem-se, terão nos Açores impacto destrutivo ainda mais agravado, devido às fragilidades e características específicas do arquipélago e injustas", porque "os açorianos suportam não só custos mais elevados devido à sua condição insular, como possuem rendimentos inferiores às de outras regiões do país".

O PCP/Açores apontou como "a mais séria e gravosa" de todas as medidas "a anunciada redução das transferências para as Regiões Autónomas", uma "violação grosseira das regras constitucionais e estatutárias e um sério ataque ao próprio cerne da Autonomia".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.