PCP lança campanha nacional para "resgatar" Portugal da dependência e derrubar Governo

PCP lança campanha nacional para "resgatar" Portugal da dependência e derrubar Governo

 

Lusa/AO online   Nacional   17 de Dez de 2012, 06:50

O Comité Central do PCP decidiu hoje lançar uma campanha nacional, até abril, tendo como eixo principal a ideia de "resgatar Portugal da dependência" e o derrube do Governo com base numa política de esquerda.

As conclusões da reunião do Comité Central do PCP, a primeira após o congresso deste partido, foram apresentadas em conferência de imprensa pelo secretário-geral, Jerónimo de Sousa.

"Da análise à evolução da situação do país, o Comité Central considera que o Orçamento do Estado para 2013 constitui um brutal passo na escalada contra os direitos dos trabalhadores e as condições de vida do povo, num processo que tem como objetivo essencial o aumento da exploração e o empobrecimento das famílias", declarou o líder dos comunistas.

Nesse sentido, segundo Jerónimo de Sousa, o Presidente da República deve vetar o Orçamento, exigência que deverá ser acompanhada por uma "intensificação da luta de massas".

O secretário-geral do PCP manifestou também repúdio face às mais recentes decisões do Conselho Europeu, considerando que o aprofundamento da União Económica e Monetária "visa concentrar ainda mais o poder no grande capital e nas principais potências, impor uma destruição em larga escala de forças produtivas e a regressão social e democrática".

"Sublinhe-se a especial gravidade do acordo do Conselho [Europeu] relativo ao mecanismo único de supervisão bancária, um passo mais no ataque à soberania dos Estados e de submissão ao poder dos grandes grupos económicos e financeiros transnacionais", sustentou Jerónimo de Sousa.

Depois de contestar as medidas do Governo de reforma do Poder Local, dizendo estar em curso um projeto "de liquidação de centenas de freguesias", Jerónimo de Sousa defendeu a "urgência de mudança na vida nacional e a importância de se abrir caminho à construção de uma política alternativa, patriótica e de esquerda".

Entre as decisões da reunião do Comité Central do PCP está a marcação para dia 19 de janeiro das comemorações do centenário de Álvaro Cunhal, comemorações que decorrerão ao longo de todo o próximo ano.

O Comité Central do PCP ratificou ainda a composição da Comissão Central de Quadros e da Comissão Administrativa e Financeira deste partido.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.