Política

PCP denuncia "grave crise" dos agricultores das Flores

PCP denuncia "grave crise" dos agricultores das Flores

 

Lusa / AO online   Regional   21 de Jan de 2010, 09:21

A Comissão Política do PCP das Flores denunciou esta quinta-feira a “grave crise” que afecta os agricultores desta ilha dos Açores, exigindo que o governo regional “cumpra o que assumiu” para ajudar o sector a ultrapassar esta situação.
“Muitos dos apoios do governo aos agricultores relativos a 2009 ainda estão em atraso e desconhece-se a data em que serão pagos”, afirmou João Paulo Corvelo, do PCP/Flores.

Segundo este dirigente comunista, a situação atingiu uma gravidade que “já se fala no abandono da actividade agrícola”.

“Com o Inverno rigoroso que se tem feito sentir e a falta de alimento para os animais, os agricultores estão sem meios para adquirir as forragens”, frisou.

João Paulo Corvelo salientou ainda a situação no sector leiteiro das Flores, revelando que “o leite produzido em Setembro ainda não foi pago aos produtores”.

“É a maior crise de sempre no sector. Exigimos que o governo regional cumpra o que assumiu com os agricultores das Flores”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.