Pavilhão do Conhecimento dá nome de Mariano Gago a auditório


 

Lusa/AO online   Nacional   22 de Abr de 2015, 19:02

O Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, homenageia no domingo o antigo ministro José Mariano Gago, que morreu há cerca de uma semana, dando o seu nome ao auditório.

 

 

A homenagem ocorre no dia que o Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas - LIP, do qual Mariano Gago foi presidente, e a Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, criada também pelo antigo ministro da Ciência e Tecnologia, comemoram os 30 anos de adesão de Portugal à Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear/CERN.

Segundo a Ciência Viva, Mariano Gago, impulsionador dessa adesão, "empenhou-se pessoalmente na preparação da celebração, trabalhando no programa até ao fim".

Durante a tarde de domingo, será apresentado, no Pavilhão do Conhecimento, em estreia nacional, o documentário "Particle Fever", do realizador Mark Levinson, sobre o CERN, o arranque do maior acelerador de partículas do mundo, a procura e a descoberta do Bosão de Higgs.

Os investigadores João Varela, Patrícia Conde Muíño, Augusto Barroso, Jorge Romão e Gaspar Barreira, este último diretor do LIP e delegado de Portugal no Conselho do CERN, vão estar disponíveis para responder a questões do público sobre os temas abordados no documentário e sobre a presença de Portugal no CERN.

A adesão de Portugal à Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear foi assinada em 1985.

Na terça-feira, a Assembleia Municipal de Lisboa propôs a atribuição do nome de Mariano Gago ao Pavilhão do Conhecimento. A proposta deverá ser dirigida ao primeiro-ministro e ao ministro da Educação e Ciência.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.