Paulo Menezes deve assumir presidência da SATA até final do ano

Paulo Menezes deve assumir presidência da SATA até final do ano

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Dez de 2015, 11:47

O próximo presidente do conselho de administração da SATA deverá tomar posse antes do final do ano, com uma escolha que o Governo dos Açores considera que "dá todas as garantias

 

A tomada de posse “será quando a comissão de Economia [do parlamento açoriano] ouvir o engenheiro Paulo Menezes e produzir o relatório”, afirmou o secretário regional do Turismo e Transportes, à margem de uma audição na comissão de Assuntos Parlamentares, Ambiente e Trabalho, em Ponta Delgada, acrescentando que esta audição está agendada para a próxima segunda-feira.

No início da semana, o executivo dos Açores anunciou, em comunicado, que o atual presidente da administração da SATA, Luís Parreirão, vai deixar o cargo "por razões profissionais, relativas a um projeto empresarial privado", sendo substituído por Paulo Menezes.

O governante açoriano precisou que caso o relatório da comissão parlamentar demore mais de 30 dias, Paulo Menezes pode entrar automaticamente em funções, recordando que Luís Parreirão efetuou o pedido de dispensa de funções a 30 de novembro.

“Há que ter em conta que as organizações preparam-se para responder também a essas situações. A vida continua. Já está indigitado um novo presidente do conselho de administração e a empresa irá continuar a sua vida diária”, afirmou Vitor Fraga, alegando que “a entrada e saída de pessoas das organizações devem ser encaradas com normalidade”.

Para Vitor Fraga, o engenheiro Paulo Menezes dá “todas as garantias, pela sua competência, de vir a desempenhar um bom papel e prosseguir com o trabalho que está a ser feito na empresa, nomeadamente com a concretização do plano de negócios (2015 – 2020)”.

Questionado sobre a manutenção dos restantes membros do conselho de administração da SATA, Vitor Fraga disse que “o único pedido de renúncia” do cargo formalizado foi o do atual presidente.

Luís Parreirão, que foi secretário de Estado das Obras Públicas de um Governo do socialista António Guterres, assumiu a presidência do conselho de administração da SATA em maio de 2014, tendo sido durante a sua gestão que a transportadora aérea escolheu os novos aviões de longo curso, os A330, que deverão começar a operar até 15 de janeiro de 2016.

O Governo Regional justificou a escolha com o facto de Luís Parreirão ter "uma vasta experiência no setor público na área da administração pública e, no setor privado, na área da gestão de empresas, tendo assumido diversos cargos nas respetivas administrações, incluindo presidente e CEO".

O próximo presidente da SATA, Paulo Menezes, é licenciado em Engenharia Eletrotécnica e, entre 1997 e 2004, exerceu as funções de diretor regional dos Transportes e Comunicações, com a tutela da área dos transportes aéreos e do Grupo SATA.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.