Paulo Gonçalves vence terceira etapa do Rali de Marrocos

Paulo Gonçalves vence terceira etapa do Rali de Marrocos

 

Lusa/AO Online   Motores   7 de Out de 2015, 18:53

O português Paulo Gonçalves (Honda) venceu hoje a terceira etapa do Rali de Marrocos em todo-o-terreno, resultado que o deixa no quinto posto da classificação geral nas motos.

 

O vice-campeão do Dakar concluiu os 274 quilómetros da etapa de hoje em 02:47.20 horas, terminando com uma vantagem de 1.18 minutos sobre o espanhol Juan Barreda (Honda) e 3.11 sobre o austríaco Matthias Walkner (KTM), segundo e terceiros classificados, respetivamente.

“Consegui fazer uma etapa ao ataque, partindo de uma boa posição. Apanhei os pilotos que partiram na minha frente e desde então acabámos por seguir juntos até ao final”, escreveu Gonçalves na sua conta do Facebook.

A 18.42 de Gonçalves terminou Ruben Faria (Husqvarna), na sétima posição, enquanto Mário Patrão, a 35.46, terminou em 18.º.

Um dia menos feliz teve Hélder Rodrigues (Yamaha), que na fase inicial da etapa foi forçado a parar devido a problemas mecânicos, não se sabendo ainda se possibilitarão, ou não, a sua continuidade em prova.

Na classificação geral, Barreda recuperou a liderança, com o britânico Sam Sunderland a ser segundo (a 3:57 minutos) e Walkner terceiro (a 5.22). Quando a portugueses, Gonçalves é o melhor colocado, em quinto (a 6.34), Ruben Faria é sétimo (a 43.48) e Mário Patrão 20.º (a 2.22.57 horas)

Nos carros, o espanhol Carlos Sainz (Peugeot) repetiu a vitória de terça-feira e consolidou a liderança da geral, seguindo a 3.56 minutos do qatari Nasser Al Attiyah (Mini), que hoje terminou em segundo, e a 22.07 do russo Vladimir Vasilyev (Toyota), que segue já mais distante, a 22.07.

A 53.33 minutos do líder segue o melhor piloto luso em prova, Ricardo Porem (Toyota), no oitavo posto da geral.

Nesta categoria, destaque para novo dia azarado do francês Sébastian Loeb (Peugeot), que, depois de ter terminado a primeira etapa a reboque, ficou imobilizado numa duna numa fase inicial da etapa.

Nos camiões, a liderança da geral continua a pertencer ao holandês Maarten van den Brink (Renault), que terminou a etapa de hoje em segundo, a 1.48 minutos do Iveco do checo Ales Loprais.

Elisabete Jacinto (MAN) concluiu a etapa no 15.º posto, a 1:18.04 horas de Loprais, resultado que lhe permite manter o sétimo posto da classe dos camiões, nona na classe Open (que integra também os buggys).

Na quinta-feira, corre-se a quarta etapa, de 293 quilómetros, que ligará as localidades de Zagora e Agadir.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.