União Europeia

Passos Coelho espera aprofundamento da governação económica

Passos Coelho espera aprofundamento da governação económica

 

Lusa/AO online   Economia   26 de Out de 2010, 12:45

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, manifestou esta terça-feira esperança que o novo mecanismo de vigilância e coordenação económica” na Europa “seja bem-sucedido” e que estes instrumentos “de correcção e de apoio no espaço europeu” assumam carácter permanente.
À saída de uma audiência com o primeiro-ministro, José Sócrates, destinada a preparar o Conselho Europeu de quinta e sexta-feira, o líder social-democrata - que esteve acompanhado pelo secretário-geral Miguel Relvas e pelo líder parlamentar Miguel Macedo - escusou-se a falar sobre as negociações em curso sobre o Orçamento do Estado para o próximo ano.

Questionado sobre o seu relacionamento com o primeiro-ministro, o líder do PSD afirmou: “Temos um relacionamento institucional normal, não há ambientes nem meios ambientes”.

No final da audiência, Passos Coelho remeteu quaisquer declarações sobre as negociações em torno do Orçamento do Estado para a equipa negocial do PSD, chefiada por Eduardo Catroga, e apenas falou sobre o próximo Conselho Europeu.

“Depositamos bastante esperança em que este novo mecanismo de vigilância e coordenação económica na Europa seja bem-sucedido”, disse.

Pedro Passos Coelho definiu ainda como “razoável” o equilíbrio atingido em matéria de sanções previstas no quadro que é proposto ao Conselho.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.