Passos Coelho diz que não está em "batalha com o PS"

Passos Coelho diz que não está em "batalha com o PS"

 

Lusa/AO Online   Nacional   15 de Set de 2010, 08:18

O presidente do PSD disse hoje que não está em "batalha com o PS" na revisão constitucional e apelou a um debate sério e sem preconceitos que permita chegar a consensos, como aconteceu no passado.

Em declarações aos jornalistas, na sede nacional do PSD, Pedro Passos Coelho fez "um convite claro a todas as forças políticas, claro, também dirigido ao PS, na medida em que o PS é essencial ao resultado satisfatório de um processo de revisão constitucional" e a "uma discussão séria" sobre a revisão constitucional.

O presidente do PSD salientou que não quer que todos tenham a opinião dos sociais democratas, considerando, aliás, que "não há ideias incontestáveis", num comentário à ideia defendida pelo Presidente da República, Cavaco Silva, de que a Constituição só deve ser revista se for para haver melhorias incontestáveis.

O Presidente da República defendeu hoje que numa revisão constitucional se deve seguir o princípio da “melhoria incontestável”, apenas alterando um artigo quando se está “absolutamente certo” de que a nova norma é melhor do que a antiga.

Passos Coelho disse ainda que o sucesso de uma revisão constitucional implica "concessões" e manifestou ter "a expetativa positiva de que o PS acabe por mostrar a disponibilidade para fazer esta discussão sem ideias pré-concebidas" e "serenamente".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.