Parlamento dos Açores envia protesto à universidade regional por causa de sede de licenciatura

Parlamento dos Açores envia protesto à universidade regional por causa de sede de licenciatura

 

Lusa/AO Online   Regional   15 de Abr de 2015, 14:14

O parlamento açoriano vai protestar junto da Universidade dos Açores pela instalação em Ponta Delgada da licenciatura em Ciências do Mar, quando a expetativa era que ficasse na Horta, onde está o Departamento de Oceanografia e Pescas da academia.

O voto de protesto pela "não instalação da licenciatura em Ciências do Mar na cidade da Horta" foi levado hoje ao plenário parlamentar açoriano pelo Bloco de Esquerda e só um deputado, Paulo Estêvão, do PPM, não o apoiou, por considerar que esta não era a melhor forma de abordar a questão.

O texto, que será enviado ao reitor da universidade dos Açores, João Luís Gaspar, considera que "concentrar meios e equipamentos onde já existem mais meios e equipamentos leva à desertificação dos territórios não contemplados e a investimentos cada vez mais pesados nos territórios que se tornam mais atrativos para migrações internas ou externas, sendo, por este motivo, bastante discutível a poupança no quadro mais global das finanças públicas".

O argumento do reitor para sediar a nova licenciatura em Ponta Delgada "tem por base as várias insuficiências de infraestruturas" na Horta, "mas principalmente o pequeno número de doutorados/as existentes" nesta cidade, lembra o texto que, no entanto, considera que a decisão "não é compreensível em termos de desenvolvimento harmonioso e sustentável da região, para o qual os poderes públicos e as instituições públicas devem ter esforços conjugados".

"Como é evidente, não está em causa qualquer intromissão na autonomia da Universidade dos Açores, mas tão só a análise de uma decisão de uma entidade pública que tem repercussões na vida das pessoas, e, como tal, passível de análise crítica", lê-se no mesmo texto.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.