Parlamento dos Açores arranca trabalhos com interpelação sobre transportes

Parlamento dos Açores arranca trabalhos com interpelação sobre transportes

 

Lusa/AO Online   Regional   17 de Abr de 2018, 08:12

O plenário de abril da Assembleia Legislativa dos Açores arranca esta terça-feira, na Horta, com uma interpelação ao Governo Regional sobre "transportes e acessibilidades", tema que tem estado na ordem do dia no arquipélago.

A iniciativa é da bancada do CDS-PP, liderada por Artur Lima, que pretende saber, por parte do executivo açoriano, qual o ponto de situação do processo de alienação de 49% do capital social na Azores Air Lines e qual o impacto que a entrada de um parceiro privado na companhia área poderá vir a ter no futuro da transportadora açoriana.

Esta sessão legislativa ficará também marcada por uma sessão de perguntas ao governo, da autoria do deputado do PPM, Paulo Estevão, sobre vários investimentos relacionadas com a ilha do Corvo (a mais pequena dos Açores), por onde aquele parlamentar foi eleito.

O deputado monárquico pretende saber, com concreto, quais as medidas já implementadas no âmbito de uma estratégia comercial que associa a produção em pastagem de carne de bovino nas ilhas Graciosa, Flores e Corvo, classificadas como Reserva da Biosfera, e também questões relacionadas com as ligações aéreas para a ilha do Corvo, entre outras.

A agenda parlamentar desta semana integra ainda outras três propostas da autoria do deputado do PPM sobre a criação de partidos regionais e de seleções desportivas açorianas e sobre o plano de proteção das relheiras dos Açores.

O parlamento regional debate ainda duas propostas do PSD sobre transportes aéreos e sobre consumo energético de edifícios e vias públicas afetos à Administração Regional.

Os 57 deputados regionais vão ainda apreciar, esta semana, duas petições, subscritas por grupos de cidadãos, que reivindicam a melhoria das condições de operacionalidade nos aeroportos do Faial e do Pico e uma terceira petição, que contesta o "recurso abusivo" à contratação sucessiva de docentes na região.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.