Parlamento dos Açores aprova por unanimidade voto de pesar por Zé Pedro

Parlamento dos Açores aprova por unanimidade voto de pesar por Zé Pedro

 

Lusa/AO online   Regional   14 de Dez de 2017, 12:47

O parlamento dos Açores aprovou hoje por unanimidade um voto de pesar pela morte de Zé Pedro, guitarrista dos Xutos & Pontapés, lembrando os deputados da região que o grupo tocou em oito das nove ilhas dos Açores.


Num voto lido pela deputada do Bloco de Esquerda Zuraida Soares foram evocados na sessão plenária, a decorrer na Horta, ilha do Faial, os "braços em cruz" que marcaram desde sempre a imagem dos Xutos.

"Pela determinação de Zé Pedro foi traçado um caminho novo na música portuguesa, que atravessou gerações", valorizou o parlamento açoriano.

O guitarrista dos Xutos & Pontapés morreu em 30 de novembro, aos 61 anos.

Zé Pedro estava doente há vários meses, mas a situação foi sempre mantida de forma discreta pelo grupo, só tendo sido assumida publicamente no passado dia 04 de novembro, no derradeiro concerto do músico, no fecho da digressão dos Xutos & Pontapés, no Coliseu de Lisboa.

No final na década de 1970, Zé Pedro, com Zé Leonel e Paulo Borges, criou a banda Delirium Tremens, que mais tarde passou a chamar-se Xutos & Pontapés, com a entrada de Kalú e de Tim, para o lugar de Paulo Borges.

O primeiro concerto dos Xutos & Pontapés realizou-se a 13 de janeiro de 1979, nos Alunos de Apolo, em Lisboa.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.