Papa vê congresso em Fátima como momento importante para centenário das aparições

Papa vê congresso em Fátima como momento importante para centenário das aparições

 

Lusa/AO Online   Nacional   7 de Set de 2016, 05:59

O cardeal José Saraiva Martins, enviado especial do papa Francisco, afirmou hoje que o sumo pontífice vê o congresso internacional que começou hoje em Fátima como momento importante na preparação do centenário das aparições.

 

Na abertura do 24.º Congresso Mariológico Mariano Internacional que começou hoje em Fátima, concelho de Ourém, o cardeal português José Saraiva Martins sublinhou a importância com que o papa Francisco olha para este evento, no contexto do centenário das aparições de Fátima.

"O papa Francisco manifesta a sua esperança para que estes dias de oração, meditação e reflexão permitam aos estudiosos aqui presentes e a todos os participantes trazer uma nova luz sobre a inspiração que a figura de Maria pode trazer ao mundo, nas atuais circunstâncias do nosso tempo", destacou o cardeal.

A mensagem de Fátima, sublinhou José Saraiva Martins, goza "hoje de maior atualidade", indicando um "caminho a seguir para resolver os grandes problemas morais e religiosos que afligem os homens dos nossos tempos".

Pelo "rico conteúdo" dessa mesma mensagem, Fátima "deve ser vista não só como altar do mundo, mas também como a cátedra do mundo", enfatizou.

Durante o congresso, que integra o programa de celebrações do Centenário das Aparições de Nossa Senhora, serão apresentados e discutidos os resultados de um estudo da documentação inerente à história do evento mariofânico ocorrido em Fátima.

"Olhando os sinais do tempo do século XX, Fátima encontra-se entre os maiores e anuncia na sua mensagem muitos dos restantes sinais", realçou o bispo de Leiria-Fátima, António Marto, considerando que, "talvez só hoje", passado um século, se está em condições de se compreender "com maior profundidade a verdade e todo o alcance desta mensagem para a Igreja e para a humanidade".

Discursando também na sessão de abertura, o reitor do Santuário de Fátima, Carlos Cabecinhas salientou que o congresso que se realiza em Fátima até domingo permitirá fazer um balanço "dos estudos científicos feitos até à data, aprofundar as várias dimensões da mensagem" e refletir "sobre a atualidade dessa mensagem".

A realização do congresso, no contexto do centenário das aparições, "vem sublinhar a convicção de que a celebração deste jubileu é desafio e oportunidade para um estudo científico pluridisciplinar de Fátima", afirmou o reitor do Santuário.

O Santuário de Fátima recebe o 24.º Congresso Mariológico Mariano Internacional entre hoje e domingo, sendo presidido pelo enviado especial do Papa, o cardeal José Saraiva Martins.

Promovido pela Pontifícia Academia Mariana em colaboração com o Santuário de Fátima e com as sociedades mariológicas dos diversos países, o congresso tem como tema "O acontecimento Fátima cem anos depois. História, mensagem e atualidade".

Em 2017, ano em que se comemora o centenário das aparições, é esperada a presença em Fátima do papa Francisco.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.