Papa vai nomear cardeal o bispo de Leiria Fátima

Papa vai nomear cardeal o bispo de Leiria Fátima

 

Lusa/AO Online   Nacional   20 de Mai de 2018, 14:41

O papa Francisco anunciou hoje que vai nomear 14 novos cardeais a 29 de junho, entre os quais o bispo português de Leiria-Fátima, António Marto, noticiou a agência Ecclesia.

Citado pela agência, Vítor Coutinho, vice-reitor do santuário de Fátima e colaborador de António Marto, considerou que a decisão mostra “reconhecimento” pelo trabalho desenvolvido na diocese e no santuário e é uma “grande honra” para a diocese. Com a nomeação, António Augusto dos Santos Marto, 71 anos, torna-se o quinto cardeal português nomeado no século XXI e o segundo no atual pontificado, segundo a Ecclesia. Uma vez cardeal, António Marto juntar-se-á no Colégio Cardinalício, que reúne todos os cardeais da Igreja Católica e tem por missão assistir e aconselhar o papa, aos cardeais portugueses Saraiva Martins, Manuel Monteiro de Castro e Manuel Clemente. “Alegra-me anunciar que a 29 de junho vou organizar um consistório para nomear 14 novos cardeais”, disse o papa aos peregrinos e turistas na Praça de São Pedro, depois do Angelus. “Os países de proveniência expressam a universalidade da igreja, que continua a anunciar o amor misericordioso de Deus a todos os homens na Terra”, acrescentou, numa referência ao esforço que tem feito para tornar o Colégio Cardinalício menos dominado por cardeais europeus. O grupo de 14 novos cardeais inclui ainda o principal conselheiro do papa, o arcebispo polaco Konrad Krajewski, conhecido pela ajuda aos sem-abrigo, e o arcebispo espanhol Luis Francisco Ladaria, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé. O patriarca da igreja caldeia do Iraque, Louis Raphael i Sako, e o arcebispo de Carachi, no Paquistão, Joseph Coutts, dois países onde os cristãos são minoritários, vão igualmente ser nomados cardeais. O grupo inclui ainda prelados do Peru, México, Bolívia, Madagáscar, Japão, Itália e Espanha.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.