Papa Francisco pede aos jovens asiaticos uma Igreja "humilde" e "missionária"

Papa Francisco pede aos jovens asiaticos uma Igreja "humilde" e "missionária"

 

Lusa / AO online   Internacional   17 de Ago de 2014, 12:32

O papa Francisco pediu hoje aos jovens que ajudem a construir uma Igreja mais "humilde" e "missionária", um pedido feito durante a missa que marcou o fim do encontro de jovens católicos na Ásia.

 

“Junto dos vossos bispos e sacerdotes, dedicai estes anos a construir uma Igreja mais missionária, mais humilde e mais sagrada”, pediu o pontífice durante a homilia realizada na fortaleza de Haemi, situada a oeste da Coreia do Sul.

A missa, celebrada ao ar livre para seis mil jovens de 23 países de toda a Asia, marcou o encerramento da VI Jornada da Juventude da Ásia (JJA).

O papa expressou o seu desejo de edificar “uma Igreja que ame e adore Deus” e que esteja vocacionada para “servir os pobres, os solitários, os doentes e os marginalizados”.

Francisco também aludiu ao tema da edição das JJA – “Despertai” – ao instar os jovens a estar alerta perante as “pressões, tentações e os pecados próprios”, tendo-os convidado a distinguir os atos “da vida contemporânea que são pecaminosos, corruptos e conduzem à morte”.

Além dos jovens, a missa de encerramento das JJA contou com a presença de outras 39 mil pessoas.

A cerimónia realizou-se na fortaleza de Haemi, a cerca de 150 quilómetros a sul de Seúl, onde foram executados, no século XIX, milhares de mártires católicos.

A viagem de Bergoglio à Coreia do Sul termina segunda-feira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.