Papa elogia o diálogo entre católicos e protestantes

Papa elogia o diálogo entre católicos e protestantes

 

Lusa/AO online   Internacional   26 de Out de 2017, 16:06

O papa Francisco elogiou o diálogo entre católicos e protestantes após "séculos de conflito", alguns dias antes da comemoração de 500 anos da Reforma.


O papa Francisco recebeu hoje o pastor Derek Browning, a mais alta personalidade da Igreja da Escócia, que é protestante presbiteriana e tem cerca de 600 mil fiéis.

"A nossa reunião ocorre pouco antes dos 500 anos de comemoração da Reforma” disse o papa lembrando que o presente é de união depois de muitos séculos de distanciamento e conflito.

Fervoroso defensor da unidade cristã, o papa participou em outubro de 2016 em Lund, na Suécia, no lançamento do ano dos 500 anos da Reforma de Martinho Lutero, em conjunto com os protestantes.

Esta foi a primeira comemoração ecuménica conjunta sobre o monge alemão Martinho Lutero, que provocou um cisma da Igreja no século XVI.

O dia 31 de outubro de 1517 é o ponto de partida do movimento da Reforma, com a difusão de "95 teses" de Lutero.

O papa argentino lamentou hoje que católicos e protestantes, que compartilham o batismo, tenham estado distantes durante tanto tempo voltando-se apenas para as diferenças e erros.

Para o papa, o diálogo iniciado nas últimas décadas permitiu “intensificar o entendimento” e trabalhar para “uma purificação mútua da memória”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.