Paleontólogos descobriram fóssil do primeiro dinossauro carnívoro na Venezuela

Paleontólogos descobriram fóssil do primeiro dinossauro carnívoro na Venezuela

 

Lusa / AO online   Internacional   11 de Out de 2014, 12:29

Uma equipa composta por paleontólogos da Venezuela, Brasil, Estados Unidos e Alemanha, localizou e identificou fósseis do primeiro dinossauro carnívoro venezuelano, o "Tachiraptor admirabilis", conhecido como predador de Táchira.

 

Os fósseis foram encontrados em Los Andes venezuelanos, em La Grita, uma povoação do Estado de Táchira, situada 880 quilómetros a sudoeste de Caracas.

Uma análise fóssil permitiu determinar que o "Tachiraptor" terá vivido há aproximadamente 201 milhões de anos, durante a primeira fase do período Jurássico, enquanto os ossos da pata do animal indicaram tratar-se de um bípede terópode, de 1,5 a 2 metros de comprimento, cujos descendentes seriam aves modernas.

Segundo o paleontólogo Max Langer, da Universidade de São Paulo, Brasil, apesar de só terem sido encontradas partes dos ossos, esses vestígios foram suficientes para diferenciá-lo de outros dinossauros e confirmar que se trata de uma nova espécie.

Em agosto último uma equipa de investigadores internacionais localizou e identificou os fósseis do primeiro dinossauro venezuelano, do tamanho de um pequeno cão, que terá vivido em manadas, há mais de 200 milhões de anos.

Segundo os investigadores, trata-se do primeiro dinossauro da zona norte da América do Sul, o 'Laquintasaura venezuelae', encontrado em Los Andes venezuelanos, em La Grita, perto do sítio onde agora foi encontrado o "Tachiraptor admirabilis".

Segundo os investigadores terá sido principalmente herbívoro, mas ter-se-ia alimentado também de insetos e outras pequenas presas.

Em La Quinta, La Grita, entre 1989 e 1991, um grupo de investigadores descobriu um fóssil com um dente pré-maxilar, um maxilar e um osso craniano de um dinossauro, que foi depois classificado como 'Lesothosaurio sp'.

Até 2007 foram descobertos outros fósseis, entre eles uma coluna vertebral, fémures e outros ossos da mesma espécie, confirmando-se um ano depois que não estavam relacionados com o 'Lesothosaurio sp'.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.