Pais fecham escola em protesto por substituição de professora


 

Lusa / AO online   Nacional   12 de Abr de 2010, 18:22

Os encarregados de educação dos alunos da escola básica de Espinho, Miranda do Corvo, encerraram esta segunda-feira o estabelecimento de ensino, em protesto pela colocação de um novo professor, em substituição da docente que ali leccionava desde Outubro.
Os portões da escola foram encerrados a cadeado ao início da manhã, mas o protesto foi levantado cerca das 11:30 locais, na presença do director do Agrupamento de Escolas local.

"Disse-nos que a Direcção Regional de Educação do Centro (DREC) se mostrou irredutível na sua posição de alegar que não há fundamento legal para manter a professora ao serviço", afirmou à agência Lusa João Paulo Lucas, pai de uma aluna do quarto ano.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.