"Pai" do videojogo 'Pac Man' morre aos 91 anos

"Pai" do videojogo 'Pac Man' morre aos 91 anos

 

Lusa/Açoriano Oriental   Internacional   30 de Jan de 2017, 11:08

Masaya Nakamura, o "pai" do personagem dos videojogos 'Pac Man', morreu no dia 22 de janeiro, aos 91 anos.

O empresário japonês fundou a companhia de videojogos Namco em 1955 e foi o pioneiro nos jogos ‘arcade’ e nos parques de diversões.

Nakamura ocupava um cargo honorário na Bandai Namco, formada em 2005 depois da junção das duas companhias de videojogos.

O jogo ‘Pac Man’, desenhado por Toru Iwatani, foi colocado à venda em 1980.

O livro Guinness World Record classificou o jogo como o mais bem-sucedido mundialmente em jogos “arcade”, que utilizavam moedas.

O jogo foi lançado numa época em que havia poucos rivais nesta área, como o Space Invaders.

Estima-se que o ‘Pac Man’ foi jogado mais de 10 mil milhões de vezes, sendo um ícone da cultura japonesa e inspirando t-shirts e outras publicidades, animações e a alcunha do boxeador filipino Manny Pacquiao.

A companhia só informou hoje da morte de Nakamura, mas não adiantou a causa da morte ou outros detalhes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.