Música

Orquestra Académica Metropolitana inicia hoje digressão aos Açores

Orquestra Académica Metropolitana inicia hoje digressão aos Açores

 

Lusa/AO online   Cultura e Social   11 de Out de 2010, 10:59

A Orquestra Académica Metropolitana de Lisboa (OAML) inicia esta segunda-feira uma digressão por quatro palcos açorianos, três deles em escolas secundárias, com o intuito de “aproximar os jovens da música erudita”, disse o maestro Cesário Costa.
O presidente da Associação de Música, Educação e Cultura (AMEC) que tutela a OAML, afirmou que esta é a primeira vez, este ano, que a orquestra sai de Lisboa e estará em digressão uma semana, “o que ajudará os jovens alunos a crescer como músicos”.

Referindo-se aos concertos que acontecerão nas Secundárias Antero de Quental, em Ponta Delgada (segunda-feira), Manuel de Arriaga, na Horta (quarta-feira), e Tomás Borba, em Angra do Heroísmo (sexta-feira), o responsável salientou a “proximidade que haverá entre quem toca e quem escuta”.

A orquestra será dirigida pelo maestro Jean-Marc Burfin e os concertos serão comentados pelo compositor César Viana.

O programa dos três concertos é constituído pela abertura “As Hébridas” (opus 26), de Felix Mendelssohn e a suite n.º 1 da peça teatral “Peer Gynt” (Op. 46), de Edvard Grieg.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.