Ordem dos Jesuítas decide indemnizar vítimas de abusos sexuais


 

Lusa/AO online   Internacional   16 de Set de 2010, 11:50

A Ordem dos Jesuítas vai pagar indemnizações às vítimas de abusos sexuais, tornando-se assim a primeira instituição da Igreja Católica na Alemanha a fazê-lo, depois de ter sido também a primeira a admitir a existência de vários casos.
Até agora, cerca de 200 vítimas apresentaram queixas por abusos sexuais em estabelecimentos de ensino jesuítas ao provedor nomeado pela ordem.

As primeiras denúncias de abusos sexuais surgiram em Fevereiro, em Berlim, por iniciativa do reitor do Colégio Canisius, que escreveu uma carta a pedir desculpa a 600 antigos alunos, depois de ter tomado conhecimento de que dois padres tinham abusado de várias crianças.

“Reconhecemos a necessidade de os jesuítas darem um sinal, para que o processo avance, no interesse das vítimas”, disse o prelado da província alemã dos jesuítas, Stefan Kiechle, em declarações ao jornal Sueddeutsche Zeitung.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.