Ordem decide suspender médico por três anos

Ordem decide suspender médico por três anos

 

Paula Gouveia   Regional   1 de Abr de 2010, 15:51

O Conselho Nacional de Disciplina da Ordem do Médicos decidiu suspender por três anos Luís Arruda, o médico da Unidade de Saúde da Lagoa que, em 2005, foi condenado por abuso sexual de menores.
No entanto, na semana passada, logo no dia seguinte a ter sido notificado da decisão da Ordem dos Médicos, Paulo Linhares Dias, advogado de Luís Arruda, interpôs no Tribunal de Ponta Delgada uma providência cautelar, no sentido de impedir que a decisão da Ordem dos Médicos produza efeito imediato (pelo menos enquanto decorrer o processo judicial que está em preparação para contestar a decisão).

Luís Arruda está a exercer medicina na Unidade de Saúde da Lagoa desde 18 de Janeiro, altura em que acabou de cumprir pena.


Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano oriental de Quinta-feira, Dia 1 de Abril de 2010

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.