Orçamento retificativo discutido e votado na quarta-feira de manhã


 

Lusa/AO Online   Economia   21 de Dez de 2015, 14:32

A conferência de líderes parlamentares agendou hoje para quarta-feira de manhã a discussão e votação do Orçamento Retificativo na sequência da venda do Banif ao Santander Totta.

O Governo manifestou disponibilidade para o ministro das Finanças, Mário Centeno, estar na terça-feira na comissão parlamentar de Orçamento e Finanças, informou também o porta-voz da conferência de líder, o deputado do PSD Duarte Pacheco.

De acordo com Duarte Pacheco, "o reforço do limite do endividamento e o reforço do limite das garantias do Estado Português" obrigam à aprovação de um Orçamento retificativo neste processo, que envolve um apoio público estimado de 2.255 milhões de euros.

O plenário foi marcado para as 10:00 e a discussão na generalidade, especialidade e a votação final global da proposta de Orçamento retificativo deverá decorrer durante a manhã, disse o porta-voz da conferência de líderes.

A proposta de Orçamento retificativo foi hoje entregue pelo Governo na Assembleia da República depois da aprovação em Conselho de Ministros.

O Governo e o Banco de Portugal decidiram a venda da atividade do Banif e da maior parte dos seus ativos e passivos ao Banco Santander Totta por 150 milhões de euros, anunciou o Banco de Portugal em comunicado no domingo.

 



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.