Orçamento de Santa Cruz das Flores para 2018 aprovado por maioria no valor de 4ME

Orçamento de Santa Cruz das Flores para 2018 aprovado por maioria no valor de 4ME

 

Lusa/AO online   Regional   25 de Nov de 2017, 10:53

O presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, na ilha das Flores, José Mendes (PS), disse hoje à Lusa que o orçamento para 2018, no valor de cerca de quatro milhões euros, foi aprovado esta sexta-feira por maioria em reunião camarária.


"Os vereadores do PS e do PSD votaram a favor, portanto, o documento foi aprovado por unanimidade, vai ser submetido agora a apreciação da Assembleia Municipal. É um plano e orçamento que importa em cerca de quatro milhões de euros e que vem refletir as nossas preocupações e os compromissos eleitorais", afirmou José Mendes, lembrando que não houve sentido de voto da CDU, devido à morte do vereador Paulo Valadão esta quarta-feira.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Santa Cru,z o orçamento deverá sofrer um reforço de mais dois milhões de euros, totalizando seis milhões de euros, através das verbas provenientes dos "projetos comunitários" que espera serem aprovadas ao longo de 2018.

José Mendes, que cumpre o seu segundo mandato à frente da autarquia florentina, assegurou que o valor orçado para o próximo ano é semelhante ao de 2017, salientando as obras que terão maior nível de investimento.

"Temos a criação de uma incubadora de empresas, a reabilitação do antigo tribunal, um edifício emblemático aqui da Vila de Santa Cruz, temos também a reabilitação urbanística do centro da Vila, temos a construção de zonas balneares na questão do apoio ao turismo, nomeadamente em Ponta Delgada e também em Santa Cruz, no porto velho, vamos concluir a substituição da rede de abastecimento de água ao concelho", destacou.

O autarca salientou que grande parte do investimento vai para "os apoios sociais", como o reforço do programa de apoio à natalidade.

"Um programa que implementamos num mandato anterior e que teve um alcance social muito importante em que apoiávamos todos os bebés nascidos no concelho até a um ano de idade, vamos passar a apoiar todos os bebés nascidos no concelho até aos três anos de idade. Portanto, pensamos que estamos a dar um forte contributo para o apoio à natalidade e para o apoio às famílias, especialmente às famílias jovens", disse.

Sem esquecer "a criação de emprego e fixação de pessoas", José Mendes avança "a abertura de concurso de admissão de pessoal" fazendo que a despesa com o pessoal "passe de 48% para 58%" que terá um impacto de 300 mil euros.

"Vamos abrir concurso para admissão de vinte funcionários, desde assistentes operacionais, assistentes técnicos e técnicos superiores, porque a autarquia está com falta de pessoal, ao longo destes últimos dez anos, com a crise as medidas de contenção financeira não foi possível admitir pessoal e entretanto foram saindo pessoas e a autarquia precisa de reforçar o seu quadro de pessoal", sublinhou.

José Mendes foi reeleito presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz das Flores nas últimas eleições autárquicas com 59,4% de votos para o PS sendo que a CDU obteve 20% dos votos, garantindo a eleição de três mandatos para o PS, um para a CDU e 1 para o PSD.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.