Oposição pró-curda da Turquia diz que morreram 128 pessoas no atentado


 

AOnline/LUSA   Internacional   11 de Out de 2015, 11:52

O número de pessoas mortas no atentado de sábado em Ancara foi de 128, afirmou o copresidente do Partido Democrático do Povo (HDP), Selahattin Demirtas, durante um discurso de homenagem às vítimas.

Uma nota deste partido de esquerda pró-curdo, a quarta força política do Parlamento, especifica que foram já identificados 120 cadáveres, faltando ainda identificar outros oito, um número superior ao balanço oficial de 95 mortos, que foi atualizado no sábado à noite.

Dois candidatos a deputados que faziam parte das listas para as eleições do próximo dia 01 de novembro, um homem e uma mulher, morreram no atentado, acrescentou o HDP.

O partido social-democrata CHP, o maior da oposição, afirmou que 11 membros da sua organização juvenil também pereceram no atentado.

O Governo atualizou o balanço relativo aos feridos, adiantando que se encontram internadas 160 pessoas, das quais 65 nos cuidados intensivos.

Das 508 pessoas que deram entrada nos hospitais, 317 já tiveram alta, segundo o comunicado oficial, que não indica qual o número atualizado dos mortos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.