Operação de evacuação de Alepo recomeçou após alguns atrasos

Operação de evacuação de Alepo recomeçou após alguns atrasos

 

Lusa/Açoriano Oriental   Internacional   21 de Dez de 2016, 16:41

A operação de evacuação da última zona rebelde de Alepo recomeçou apesar da forte queda de neve, abrindo caminho para o exército da Síria assumir o controlo total da devastada cidade no norte do país.

 

Alguns atrasos na retirada das pessoas ao início do dia deixaram centenas com fome e frio enquanto aguardavam o transporte, mas a televisão estatal síria já divulgou que após um atraso de 24 horas 20 autocarros com “homens armados e suas famílias” abandonaram a zona rebelde.

Ahmad al-Dbis, à frente de uma equipa de médicos e voluntários que coordena a saída dos habitantes daquela zona, disse que a coluna de 20 autocarros transportava 1.500 pessoas, incluindo 20 feridos.

Em declarações à agência France Presse, Ahmad Qarra Ali, do grupo rebelde Ahrar al-Sham, disse que a retirada das pessoas da zona “será concluída hoje, em várias colunas”.

Pelo menos 25.000 pessoas deixaram as zonas rebeldes de Alepo desde que os combatentes da oposição acordaram na semana passada abandonar o local depois de anos de combates, segundo o Comité Internacional da Cruz Vermelha, que coordena a operação de evacuação.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.