Onze barras do continente condicionadas devido à agitação marítima


 

Lusa/AO Online   Nacional   28 de Dez de 2015, 05:07

Onze barras de Portugal continental estão esta segunda-feira fechadas a toda a navegação e outras quatro condicionadas devido à agitação marítima forte, prevendo-se ondas com 4 a 5 metros, informou a Marinha portuguesa.

 

De acordo com informação disponível na página da Marinha na Internet, estão fechadas a toda a navegação as barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, São Martinho do Porto, Lagos, Alvor, Albufeira, Tavira e Vila Real de Santo António.

A Marinha indica também que as barras de Aveiro e da Figueira da Foz estão fechadas a embarcações com comprimento inferior a 15 e 11 metros, respetivamente.

As barras de Portimão e Faro estão fechadas a embarcações com comprimento inferior a 10 metros.

Por causa da agitação marítima forte, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Coimbra, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro entre as 03:00 e as 18:00 de hoje, prevendo-se ondas com 4 a 5 metros.

O instituto prevê para hoje na costa ocidental ondas de sudoeste com 4 a 5 metros, passando gradualmente a ondas de oeste com 2,5 a 3,5 metros.

Na costa sul prevê-se ondas de sueste com 2 a 3 metros, passando gradualmente a ondas de sudoeste com 1,5 a 2,5 metros.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro níveis, alerta para situações de risco para determinadas atividades dependentes das condições meteorológicas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.