Onda de calor no Japão causa 12 mortes

Onda de calor no Japão causa 12 mortes

 

Lusa/AO online   Internacional   9 de Ago de 2016, 12:04

Uma onda de calor que está a atingir no Japão já causou a morte de 12 pessoas e o internamento hospitalar de 822, anunciaram as autoridades japonesas.

 

Segundo um relatório da Agência de Gestão de Incêndios e Desastres do Japão, entre 01 e 07 de agosto, 6.588 cidadãos foram transportados para centros clínicos devido ao golpe de calor ou desidratação, dos quais 822 ficaram hospitalizados e 12 faleceram.

O número de pedidos de ajuda médica supera o da semana anterior, a última de julho, em que 4.063 pessoas tiveram de recorrer a ajuda médica por efeito das altas temperaturas.

Em mais de metade dos casos tratava-se de idosos com mais de 65 anos.

A província de Osaka (centro) registou o maior número de pessoas atendidas (416), seguida por Tóquio (398), Aichi (383) e Saitama (382).

A temperatura máxima no país insular asiático atingiu hoje os 39 graus. A localidade de Kiriishi, a oeste da capital, Tóquio, foi a mais quente do país, com os termómetros a marcarem 39,2 graus.

A forte onda de calor que se junta ainda a altos níveis de humidade, entre os 70 e 90%, levaram a Agência Meteorológica do Japão a recomendar medidas relativas à hidratação e aconselhar a população a não praticar exercício físico.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.