Saúde

OMS insta países a tomarem medidas no combate a bactérias multirresistentes


 

Lusa / AO online   Internacional   20 de Ago de 2010, 18:35

A Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou esta sexta-feira um alerta no sentido de os países adoptarem medidas de controlo da propagação de bactérias multirresistentes aos medicamentos, lembrando o risco de não haver terapias alternativas contra estes microorganismo.
 A resistência de microorganismo aos medicamentos é cada vez mais reconhecida como um problema global de saúde pública que pode dificultar o controlo de muitas doenças infecciosas.

Algumas bactérias desenvolveram mecanismos que as tornam resistentes a muitos dos antibióticos usados normalmente para o seu tratamento, o que levanta especiais dificuldades, pois pode haver poucas ou nenhumas alternativas para a terapia, alerta a OMS em comunicado, lembrando que estas bactérias constituem um problema de saúde pública crescente e global.

A OMS recomenda por isso que os países estejam preparados para implementar medidas de controlo de infecção hospitalar para limitar a propagação de estirpes multirresistentes e para reforçar a política nacional sobre o uso prudente de antibióticos, reduzindo a geração de bactérias resistentes aos antibióticos.

Um artigo publicado na revista The Lancet de 11 de Agosto identificou um novo gene que torna alguns tipos de bactérias capazes de se tornarem altamente resistentes a quase todos os antibióticos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.