Oito cardeais e 135 bispos nas celebrações do Santuário de Fátima

Oito cardeais e 135 bispos nas celebrações do Santuário de Fátima

 

Lusa/AO Online   Nacional   12 de Mai de 2017, 08:44

Oito cardeais, entre os quais o secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin, e o cardeal de Boston, Sean O'Malley, e 135 bispos vão participar nas celebrações no Santuário de Fátima, onde hoje chega o papa Francisco.

 

Segundo a página oficial na Internet da visita do papa a Fátima, o cardeal patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, o cardeal penitenciário-mor emérito, Manuel Monteiro de Castro, e o cardeal e prefeito emérito da Congregação para as Causas dos Santos, José Saraiva Martins, “os dois últimos vindos da Santa Sé, no séquito papal”, são outros dos presentes.

Nas celebrações vão estar, também, os cardeais de Valladolid, Ricardo Blazquez Pérez, de Madrid, Carlos Osoro, e de Kinshasa, Laurent Monsengwo.

Na peregrinação internacional aniversária de hoje e sábado, além do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vão estar mais dois chefes de Estado, o do Paraguai, Horacio Cartes, e de São Tomé e Príncipe, Evaristo do Espírito Santo Carvalho.

O antigo Presidente da República Portuguesa Ramalho Eanes também estará no santuário, bem como dois vice-presidentes da Assembleia da República, Teresa Caeiro e José Matos Correia, adianta a página oficial www.papa2017.fatima.pt.

Além do primeiro ministro, António Costa, as celebrações contam ainda com a presença de 11 membros do Governo e 70 membros do corpo diplomático acreditados em Portugal e noutros países.

O papa Francisco chega hoje à tarde a Portugal para uma visita apostólica ao Santuário de Fátima, no âmbito do Centenário das Aparições, e durante a qual canonizará os pastorinhos Jacinta e Francisco Marto.

O avião que transporta Francisco de Roma deve aterrar na Base Aérea de Monte Real às 16:20, onde terá a aguardá-lo o Presidente da República, o primeiro-ministro, e o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, além do Núncio Apostólico, Rino Passigato, do presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, Manuel Clemente, e do bispo da Diocese de Leiria, António Marto.

Francisco é o quatro papa a visitar Portugal, depois de Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991 e 2000) e Bento XVI (2010).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.