Economia

OCDE defende redução das taxas pelo BCE e reforço do Fundo de Estabilização


 

Lusa/AO online   Economia   28 de Nov de 2011, 09:53

O Banco Central Europeu deve baixar as taxas de juro para facilitar o financiamento dos países da Zona Euro em dificuldades, ao mesmo tempo que o Fundo de Estabilização Europeu tem de ser reforçado, defende a OCDE.
No seu relatório semestral das estimativas económicas, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) considera que uma redução da taxa directora do BCE e o reforço do Fundo Europeu de Estabilização Financeira são duas formas possíveis de combater a crise da dívida na Zona Euro.

O BCE tem de ter “um papel chave” na solução da crise da dívida na Europa, de acordo com a OCDE que incita aquela instituição financeira a usar a taxa directora para influenciar o mercado, garantindo financiamento a taxas razoáveis aos países com maiores dificuldades na obtenção de crédito.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.