Obama prolonga por mais um ano as sanções contra Zimbabué


 

Lusa / AO online   Internacional   2 de Mar de 2010, 16:47

O presidente norte-americano Barack Obama anunciou segunda-feira que as sanções da sua administração contra líderes do Zimbabué foram prolongadas por mais um ano, pois as acções das pessoas visadas continuam “a ameaçar a política externa dos Estados Unidos”.
 Numa mensagem enviada ao Congresso, Obama sublinhou que “a crise que resulta das acções e políticas de certos membros do governo do Zimbabué e de outras pessoas visando prejudicar o processo democrático e as instituições, não foi resolvida”.

“Por estas razões, decidi que era necessário (...) manter em vigor estas sanções para responder a esta ameaça”, acrescentou o presidente, numa altura em que estava a aproximar-se a data do fim das sanções, que já tinham sido prolongadas em 2009.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.