OASA lança livro de bolso para dar a conhecer astronomia

OASA lança livro de bolso para dar a conhecer astronomia

 

Lusa/Açoriano Oriental   Regional   3 de Fev de 2017, 14:10

O Observatório Astronómico de Santana - Açores (OASA) lança hoje um livro de bolso, manual para orientar na observação dos astros e divulgar a lista dos eventos astronómicos junto da população e turistas.

"É um livro de bolso no qual as pessoas, quer seja em casa ou a acampar, têm informação suficiente, de uma forma simplificada, para saberem o que podem ver no céu ou o que podem procurar", explicou Pedro Garcia, técnico de divulgação científica do Observatório Astronómico de Santana (OASA), localizado em Rabo de Peixe, concelho da Ribeira Grande.

O único observatório astronómico existente nos Açores apresenta hoje à noite o Almanaque Astronómico -- Estrelas de Bolso, uma edição bilingue, com centenas de exemplares destinados aos residentes e turistas.

Em declarações à agência Lusa, Pedro Garcia disse que se trata de "um manual simplificado onde é possível identificar os melhores locais no concelho da Ribeira Grande para observar estrelas", contendo, ainda, "uma calendarização de forma concisa dos eventos astronómicos".

"Grande parte das pessoas que visitam o observatório vão pela primeira vez observar os astros e, normalmente, acabam por ficar com o bichinho sobre a astronomia", realçou o técnico do OASA, salientando que o local recebeu em 2016 cerca de 15.000 visitas, incluindo de alunos.

Segundo Pedro Garcia, os visitantes geralmente perguntam sobre a melhor ocasião para observar a lua cheia, quando é possível ver uma chuva de estrelas e quais os locais possíveis para esta observação.

"Com este almanaque esperamos que as pessoas consigam saber, nas várias alturas do ano, o que podem ver no céu, ou seja, quais são os objetos mais brilhantes e também as principais efemérides astronómicas que são visíveis a olho nu e não com o telescópio", referiu, acrescentando que este livro também serve como um pequeno roteiro.

Para já, o almanaque identifica os locais acessíveis para observar estrelas no concelho da Ribeira Grande, mas a ideia é alargar o projeto a outros locais de São Miguel e às restantes ilhas.

Pedro Garcia adiantou ainda que o almanaque, disponível no OASA, é gratuito, mas estão a ser identificados outros locais para que os interessados possam a ele aceder.

A edição do almanaque foi apoiada pela Câmara Municipal da Ribeira Grande.

O Observatório Astronómico de Santana é financiado pela Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia e gerido pela cooperativa A Ponte Norte.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.