Liga Zon Sagres

O 'melhor' Braga goleou a 'pior' Académica

O 'melhor' Braga goleou a 'pior' Académica

 

Lusa/AOnline   Futebol   17 de Dez de 2010, 20:53

O melhor Sporting de Braga dos últimos tempos goleou em casa a Académica, por 5-0, na 14.ª jornada da Liga de futebol, ultrapassando a equipa de Coimbra para ascender, provisoriamente, ao sexto lugar.

Com uma exibição consistente, a turma orientada por Domingos Paciência pôs fim a um ciclo negativo de três derrotas consecutivas, a última das quais, frente ao Benfica, ditou a eliminação da Taça de Portugal.

Já a Académica voltou a sofrer uma “mão cheia” de golos, depois de na jornada anterior ter perdido em casa com o Marítimo por 5-1), e agudizou o seu péssimo momento: nos últimos seis jogos do campeonato registou apenas uma vitória, contra quatro derrotas e um empate.

Na primeira parte os golos pertenceram a Paulo César (04), Paulão (26) e Keita (35) e, no segundo tempo, Meyong (72) e Hugo Viana ampliaram o marcador (90+3).

A Académica até foi a primeira a criar perigo na baliza adversária (03) com um remate de Miguel Fidalgo a obrigar a defesa atenta de Artur Moraes.

Contudo, no minuto seguinte, o Braga chegou à vantagem: boa jogada de entendimento na direita entre Alan e Miguel Garcia com este a cruzar com conta, peso e medida e Paulo César a antecipar-se a Pedro Costa e a cabecear para o fundo das redes.

A resposta dos visitantes surgiu aos 15 minutos: livre de Hugo Morais a embater na barreira e depois na barra, com Artur Moraes completamente batido.

Aos 24 minutos, Amoreirinha lesionou-se após carregar Keita e foi com o defesa central fora de campo (já não regressou ao relvado) que o Braga aumentou a contagem, com Paulão a cabecear nas alturas após canto da direita de Hugo Viana.

O terceiro golo – e o fim do ânimo academista – chegou aos 35 minutos por um estreante no campeonato. Depois de um centro de Paulo César da esquerda, um toque de Mossoró isolou Keita e o ponta de lança senegalês rematou de pronto, com o pé esquerdo, sem hipóteses para Peiser.

O Sporting de Braga passou a dominar a seu bel-prazer e, ainda antes do intervalo (45), Keita teve uma soberana oportunidade para bisar mas, na cara de Peiser, rematou contra o guarda-redes.

Na segunda parte, foi o Braga a continuar a tentar mais o quarto tento do que a Académica o seu de honra e aos 64 minutos Paulo César, isolado por Meyong, esteve muito perto disso, mas rematou ao lado.

Aos 72 minutos, os papéis inverteram-se e Meyong, com muita calma e nenhuma oposição, marcou o quarto golo da partida (o terceiro de cabeça) após boa assistência de Paulo César da esquerda.

Na última jogada da partida, Hugo Viana aproveitou uma defesa incompleta de Peiser e tornou mais pesada a derrota dos “estudantes”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.