O desenvolvimento da Região Autónoma dos Açores numa perspectiva de médio prazo

O desenvolvimento da Região Autónoma dos Açores numa perspectiva de médio prazo

 

Célio Teves   Regional   18 de Nov de 2010, 16:19

Analisando-se os principais sectores base de desenvolvimento económico dos Açores, deveriam concretizar-se várias medidas pós-crise.
No campo da Energia há que incrementar a prática de utilização de energias renováveis, para além do esforço da EDA, via comunidade civil e empresas privadas, com aposta na micro-geração generalizada, num esforço global de redução dos combustíveis fósseis e do preço da electricidade;
Nos Transportes promover a abertura do espaço aéreo a low costs, eliminando o monopólio, salvaguardando a política de serviço público nos voos regulares inter-ilhas, contribuindo para a redução dos preços;
Na Agropecuária cumpre aumentar a dimensão das explorações numa lógica empresarial e societária, cujo património societário corresponda aos activos de cada exploração. Assim reduzir-se-ão os investimentos em equipamentos, mão-de-obra e gastos de produção, bem como o aumento da produtividade e melhoria da gestão, num esforço pela sobrevivência pós-quotas em 2015. Requere-se a aplicação da mesma lógica para o sector das pescas;
No Turismo há que incentivar o sector, assente numa lógica integrada de unidades hoteleiras de menor dimensão, de oferta complementar e descentralizada. Acções promocionais dirigidas a segmentos mais altos;
No sector Agro-Industrial deve promover-se a melhoria da qualidade dos produtos através de segmentos de maior valor acrescentado. Penetração em novos mercados internacionais de grande consumo, salvaguardando o crescimento da produção e a flutuação de preços;
Nos Serviços implementar o incremento da produtividade, via aposta na formação e introdução de novas tecnologias. Eliminação de monopólios, clarificação de preços e análise introspectiva dos benefícios e custos das parcerias público-privadas;
Por fim, na Construção Civil, há que introduzir maiores exigências no acesso à actividade empresarial. Eliminação das práticas pouco transparentes de ajustes directos com entidades oficiais.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.