Número de queixas nos sindicatos 10 vezes superior


 

Francisco Cunha   Regional   24 de Ago de 2010, 17:39

Victor Silva, dirigente do SABCES (Sindicato dos Trabalhadores de Alimentação, Bebidas e Similares, Comércio, Escritórios e Serviços ) indicou que durante 2010 o número de queixas pelos trabalhadores aos sindicatos foi mais de 10 vezes superior ao registado em anos anteriores.

“Até há cerca de dois anos ocorriam esporadicamente atrasos salariais. Contudo, estes valores eram repostos ou no mês seguinte ou nos dois meses seguintes. Mas eram casos raros”, recorda o dirigente. “Agora, o que temos verificado é que o período de atraso se alargou, assim como aumentou para dimensões preocupantes o número de casos em que os salários não são pagos atempadamente” explica.

De acordo com o mesmo, a situação de desemprego é agravada por haver nos Açores muitas famílias com dois ou mais desempregados, que têm grande dificuldade em recorrer aos apoios da Segurança Social pois “sempre viveram do seu trabalho e têm vergonha de pedir apoio”.

Apontando ainda que dificilmente a situação irá melhorar durante o segundo semestre de 2010, Victor Silva esclarece que a situação é “bem pior” do que dizem os números.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.