Número casais desempregados sobe em agosto mas desce em termos homólogos

Número casais desempregados sobe em agosto mas desce em termos homólogos

 

Lusa / AO online   Economia   21 de Set de 2014, 12:41

O número de casais desempregados fixou-se nos 11.939 em agosto, menos 4,4% em termos homólogos, mas teve um aumento de 3,9% face a julho, segundo dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

 

De acordo as estatísticas mensais referentes ao estado civil do desempregado e situação laboral do cônjuge, disponibilizada pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) na sua página de Internet, o número de casais no desemprego recuou 4,4% em agosto face ao mesmo mês do ano passado, ou seja, menos 552 casais.

No entanto, face a julho, registou-se um aumento de 3,9% do número de casais em que ambos os cônjuges estão desempregados, uma subida de 445 casais.

"Do total de desempregados casados ou em união de facto, 23.878 (8,3%) têm também registo que o seu cônjuge está igualmente inscrito como desemprego no centro de emprego", refere o IEFP.

No final de agosto, segundo o IEFP, estavam registados nos centros de emprego do continente 590.820 desempregados, dos quais 48,98% eram casados ou viviam em situação de união de facto, perfazendo um total de 289.409.

O desemprego registado nos centros de emprego do continente recuou 10,6% em termos homólogos e cresceu 2,1% face a julho.

No que respeita aos desempregados casados ou em união de facto, "a diminuição face a agosto de 2013 atingiu 11,1% (-36.151 desempregados), enquanto a variação face a julho de 2014 situou-se em 1,5% (4.382)", refere a informação mensal do IEFP.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.