Novo sistema de medição de audiências será adotado até final do ano

 Novo sistema de medição de audiências será adotado até final do ano

 

Lusa/AO Online   Economia   16 de Ago de 2010, 08:21

Um novo sistema de medição de audiências de televisão começará a ser aplicado até ao final do ano, estando ainda por decidir se o fornecedor dos estudos será escolhido por concurso público ou ajuste direto.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Comissão de Análise de Estudos de Meios (CAEM), Luís Mergulhão, adiantou que a entidade está "a concluir" o caderno de encargos tendo em vista a definição do novo sistema de audimetria e o perfil da amostra a utilizar.

"Até ao fim do ano o processo estará concluído e começará a fase de aplicação no terreno", afirmou o responsável, sublinhando que a implementação será sempre "gradual".

Luís Mergulhão lembrou que a CAEM está a preparar há cerca de dois anos a transição do sinal analógico de televisão para o digital, indo o novo sistema de medição de audiências ao encontro das mudanças na forma de consumir televisão e nos equipamentos de receção.

"O perfil do consumidor de televisão mudou muito nos últimos anos, tendo havido também uma grande evolução ao nível dos equipamentos", sublinhou.

Segundo o presidente da CAEM, a forma de escolha do fornecedor não está ainda decidida, estando, por isso, em aberto o lançamento de um concurso público ou uma escolha direta.

"Não há necessariamente necessidade de mudar de fornecedor, mas também não há nenhum impedimento para que haja um concurso público. O que precisamos é de um novo tipo de amostra e de equipamentos", acrescentou.

O atual sistema de medição de audiências de televisão é fornecido pela Marktest.

A principal receita das televisões, a publicidade, é comprada pelos anunciantes tendo em conta os níveis de audiência.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.