Novo concurso para concessão do transporte aéreo de carga dos Açores a breve prazo

Novo concurso para concessão do transporte aéreo de carga dos Açores a breve prazo

 

Lusa/AO Online   Regional   31 de Mai de 2016, 14:50

O presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, anunciou hoje que vai ser lançado em breve um novo concurso para concessão do serviço público de transporte aéreo de carga entre a região e o continente português.

O anúncio foi feito por Vasco Cordeiro aos jornalistas, nas Velas, em São Jorge, depois de o executivo regional ter sido confrontado com críticas de que pescado da ilha, onde o Governo dos Açores está a efetuar uma visita estatutária, demorou, numa ocasião, cinco dias a ser transportado para território continental.

“Há, sobretudo, um elemento que, neste momento, está em fase de concretização, que pode ser uma grande ajuda para resolver essa situação”, disse Vasco Cordeiro, referindo-se ao concurso para a concessão do serviço público de transporte aéreo de carga entre os Açores e o continente que, acredita, será lançado em breve.

O chefe do executivo açoriano referiu que “houve já um primeiro concurso público que foi lançado ainda pelo anterior Governo da República”, mas “ficou deserto”.

Agora, “há um trabalho que está em fase de conclusão de análise” entre os executivos nacional e regional sobre os “termos desse concurso público”, adiantou Vasco Cordeiro.

“Essa é uma das peças da alteração de modelo de acessibilidades aéreas à nossa região”, acrescentou.

Atualmente, o transporte de carga entre os Açores e o território continental é efetuado pelas transportadoras aéreas SATA e TAP, pretendendo-se com o concurso que haja um avião cargueiro que efetue voos triangulares – Lisboa-Ponta Delgada-Terceira-Lisboa ou Lisboa-Terceira-Ponta Delgada-Lisboa, informou fonte da Secretaria Regional do Turismo e Transportes à Lusa.

A mesma fonte esclareceu que, através deste concurso, são implementadas as obrigações de serviço público no transporte aéreo de carga com origem e destino nos Açores, ficando, deste modo, separadas das obrigações de serviço público de transporte de passageiros.

O Governo dos Açores começou na segunda-feira uma visita à ilha de São Jorge, como determina o Estatuto Político-Administrativo da Região Autónoma.

Nesta deslocação, que termina na quarta-feira, a última a São Jorge nesta legislatura, os membros do executivo açoriano visitam obras, empresas e instituições e têm reuniões com diversas entidades, além de receberem a população.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.