Novo Clio será produzido em França

Novo Clio  será produzido em França

 

Lusa/AO Online   Economia   17 de Jan de 2010, 08:32

O PDG da Renault, Carlos Ghosn, garantiu no sábado ao Presidente francês, Nicolas Sarkozy, que a produção do novo Clio será em parte confiada à fábrica de Flins, em França, não sendo inteiramente deslocalizada para a Turquia.

Depois de muita polémica sobre o alegado projecto da Renault de montar o Clio 4 na sua fábrica turca de Bursa, a partir de 2013, o patrão da construtora automóvel francesa foi convocado ao Eliseu para esclarecer Sarkozy sobre as intenções da empresa.

Na quarta-feira, Sarkozy manifestou a sua irritação ao desabafar perante parlamentares de que não está disposto a apoiar a indústria automóvel para que as fábricas vão para o estrangeiro.

Em comunicado divulgado após o encontro com Ghosn, a presidência francesa referiu que a Renault se comprometeu a manter a produção em Flins, nomeadamente no que respeita ao Clio 4.

O comunicado não refere uma eventual deslocalização total da produção do novo Clio, que chegou a ser referida na imprensa e desencadeou toda a polémica.

Ghosn confirmou ao Presidente que o Clio 4 será produzido na fábrica de Flins, em colaboração com a Bursa na Turquia, acrescenta o comunicado.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.