Novo Banco dos Açores com lucros 1,5 ME no primeiro semestre


 

Lusa/AO Online   Regional   25 de Jul de 2017, 18:47

O Novo Banco dos Açores registou no primeiro semestre do ano um resultado líquido positivo de 1,5 milhões de euros, um aumento de 45,6% face ao período homólogo, anunciou hoje a instituição.


“O Novo Banco dos Açores encerrou o primeiro semestre de 2017 com um resultado antes de impostos de 2.318 mil euros que compara com os 1.499 mil euros obtidos no mesmo período de 2016, enquanto o resultado líquido após os impostos em 30 de junho de 2017 foi de 1.535 mil euros contra os 1.054 mil euros realizados em 30 de junho de 2016, o que traduz uma evolução positiva de 45,6%”, informa uma nota enviada à agência Lusa pelo único banco a operar na região com sede no arquipélago.

Segundo o banco, “para este resultado contribuiu, entre outros fatores, uma redução dos juros e encargos similares, e uma melhoria nos custos operativos”.

“O banco regista neste primeiro semestre de 2017 o pagamento líquido de 783 mil euros de impostos contra os 445 mil euros liquidados no mesmo período de 2016”, adianta a mesma nota, destacando que “o banco registou no seu balanço 352.107 mil euros de recursos de clientes neste primeiro semestre e 373.538 mil euros de crédito concedido a clientes”.

A instituição acrescenta que “continua firme no propósito de garantir elevados níveis de qualidade no relacionamento com os seus clientes e de apoiar os particulares e as empresas dos Açores e em conformidade com o seu estatuto de único banco com sede nos Açores e a operar na Região Autónoma dos Açores”.

O Novo Banco dos Açores tem 14 balcões e 83 trabalhadores distribuídos por cinco ilhas, cobrindo 95 por cento da população do arquipélago. São Miguel, a maior ilha dos Açores, tem sete balcões, incluindo a sede.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.