Noventa famílias da Graciosa receberam 1,2 ME para reabilitar habitações

Noventa famílias da Graciosa receberam 1,2 ME para reabilitar habitações

 

Lusa/AO Online   Regional   14 de Jun de 2017, 12:53

O Governo dos Açores apoiou na legislatura passada 90 famílias da ilha Graciosa com 1,2 milhões de euros para a reabilitação de habitações degradadas, anunciou hoje a secretária regional da Solidariedade Social.

 

“Na legislatura passada, investimos um milhão e 200 mil euros em apoios desta natureza que permitiram beneficiar 90 famílias graciosenses”, afirmou Andreia Cardoso, em Santa Cruz da Graciosa, onde hoje o executivo regional socialista (que tomou posse em 2016) cumpre o último dia da visita estatutária.

A governante discursava na cerimónia de autorização de dez processos de reabilitação de habitação degradada, no valor global de 200 mil euros e que vão beneficiar dez famílias, num total de 30 pessoas.

Na mesma ocasião foram assinados protocolos de colaboração com as juntas de Santa Cruz e de Guadalupe, de 66 mil euros, que vão melhorar as habitações propriedade destas autarquias e onde moram quatro famílias.

Aos jornalistas, Andreia Cardoso destacou a importância destes apoios, que permitem “garantir às famílias as condições de segurança e salubridade nas suas habitações”, aspeto que considerou determinante.

“Há outra componente que é também a de garantir que o parque habitacional de cada uma das ilhas da região é recuperado e mantido, porque mais do que construir novo o que nos interessa e é fundamental garantir é que o edificado existente tenha condições e as famílias se mantenham nos seus locais habituais de residência”, adiantou a secretária regional.

Para Andreia Cardoso, isto é essencial “no domínio da coesão social e territorial”.

“O que para nós importa é garantir que em colaboração com as juntas de freguesia e com as instituições particulares de solidariedade social vão sendo sinalizados todos os casos que merecem uma atenção particular do Governo Regional”, referiu ainda.

A visita à Graciosa, a primeira da atual legislatura, cumpre o Estatuto Político-Administrativo dos Açores, segundo o qual o executivo regional deve visitar cada uma das ilhas do arquipélago pelo menos uma vez por ano.

Está também determinado que o Conselho do Governo se reúna na ilha visitada.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.