França

Novas greves e manifestações contra a reforma das pensões

Novas greves e manifestações contra a reforma das pensões

 

Lusa / AO online   Internacional   24 de Jun de 2010, 11:52

O governo francês enfrenta esta quinta-feira mais um dia de greves e de manifestações contra o projecto de reforma das pensões, numa altura em que o ministro do Trabalho, Eric Woerth, é alvo de acusações de conflito de interesses.
Os sindicatos e os partidos de esquerda consideram “injusta” a reforma do sistema de pensões, que eleva a idade mínima de reforma dos 60 para os 62 anos até 2018 e põe em causa um direito social emblemático dos anos Mitterrand.

A greve desta quinta-feira afecta os serviços públicos – em particular o ensino – e os transportes. A circulação de comboios sofreu grandes perturbações, nomeadamente com metade dos comboios de alta velocidade TGV sem funcionar, assim como o metropolitano, onde se realiza 60 por cento do tráfego.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.