Novas armas, viaturas e obras tornam 2018 "ano de mudança" para polícias

Novas armas, viaturas e obras tornam 2018 "ano de mudança" para polícias

 

Lusa/AO online   Nacional   14 de Fev de 2018, 14:20

O ministro da Administração Interna afirmou esta quarta-feira que 2018 vai ser um "grande ano de mudança" nos equipamentos das forças de segurança, com pelo menos 200 novas viaturas e dezenas de obras de construção e requalificação à espera de começar.

Eduardo Cabrita, que falava à Lusa à margem de uma audição no parlamento, disse que as 200 novas armas que irão para a PSP, como noticia hoje o Jornal de Notícias, fazem parte da atualização de "armamento de uso pessoal" para as polícias terem "mecanismos para responder a ameaças mais sofisticadas".

O ministro salientou que "não existe nenhuma ameaça específica de terrorismo", mas defendeu que para Portugal continuar a ser "um dos países mais seguros do mundo", é preciso "continuar ativamente a investir neste domínio".

Assim, no segundo semestre este ano deverão ser entregues "mais de 200 viaturas de patrulha às forças de segurança", e em 2019 "mais de 500 viaturas", ao cabo do maior concurso de aquisição de viaturas já feito, em que o investimento de um milhão de euros em 2017 passará para "11 milhões previstos no Orçamento de Estado".

No âmbito da Lei de Programação de Instalações e Equipamentos das Forças de Segurança deverão arrancar entre este e o próximo ano mais de cinquenta obras, quer de construção quer de renovação, que já estão em projeto.

O ministro lembrou que esta semana foram anunciados 10 mil novos equipamentos de proteção individual para as forças de segurança, uma área em que se vai "triplicar o investimento relativamente a 2016".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.