Nova nota de 20 euros entra em circulação a 25 de novembro

Nova nota de 20 euros entra em circulação a 25 de novembro

 

Lusa/AO online   Economia   24 de Fev de 2015, 15:18

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, anunciou que a nova nota de 20 euros vai entrar em circulação a 25 de novembro.

 

Na apresentação da nova nota, Mario Draghi assinalou que, até essa data, o Eurosistema deverá ter feito a impressão de mais de 4.300 milhões de notas.

O presidente do BCE, que apresentou a nova nota de 20 euros à imprensa, recordou que esta é importante porque é das mais usadas dentro da zona euro.

No total, existem atualmente 17.500 milhões de notas de euro em circulação, cujo valor alcançou mil milhões de euros em dezembro de 2014 pela primeira vez.

A nova nota de 20 euros é a terceira da série 'Europa' a ser introduzida, depois das notas de 5 euros e de 10 euros, e incluirá elementos de segurança melhorados.

Depois da entrada em circulação das notas de 20 euros, seguir-se-ão as de 50, 100, 200 e 500 euros.

O BCE adotou diversas medidas para apoiar os fabricantes, fornecedores e proprietários de equipamento que processa e opera com notas na adaptação das respetivas máquinas e dispositivos de autenticação.

"O BCE e os bancos centrais nacionais dos países da área do euro aguardam com expectativa a estreita colaboração com os fabricantes, fornecedores, operadores e proprietários de equipamento de notas. Com efeito, são eles que preparam as respetivas máquinas e dispositivos para aceitarem a nova nota antes da sua entrada em circulação", declarou o membro da Comissão Executiva do BCE Yves Mersch.

O combate a falsificações continua a ser prioritário para as autoridades monetárias, até porque quem falsifica prefere as notas de 20 e de 50 euros.

Segundo dados do Banco de Portugal (BdP), estas duas notas representam cerca de 86% das notas falsas apreendidas no primeiro semestre de 2014, sendo que, neste período, foi detetado um total de 4.818 contrafeitas no país, uma queda de 45%.

As notas mais falsificadas foram as de 20 euros, com 2.297 notas, seguidas das de 50 euros, com 1.829 casos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.