Notícia do Sol confirma indícios de ingerência governamental na TVI


 

Lusa / AO online   Nacional   5 de Fev de 2010, 17:25

O ex-director-geral da TVI, José Eduardo Moniz, considera "assustador" o teor da notícia publicada esta sexta-feira no semanário Sol, sobre o alegado plano do Governo para controlar os media, por “confirmar os indícios” de ingerência governamental na TVI.
"É assustador termos a confirmação daquilo que eram indícios sérios de intervenção governamental no que diz respeito à TVI e às relações com a sua administração, nomeadamente com a administração da Media Capital", disse hoje à Lusa José Eduardo Moniz.

A edição desta sexta-feira do semanário Sol transcreve extractos do despacho do juiz de Aveiro responsável pelo caso Face Oculta em que este considera haver "indícios muito fortes da existência de um plano", envolvendo o primeiro ministro, José Sócrates, para controlar a estação de televisão TVI e afastar Manuela Moura Guedes e José Eduardo Moniz. Do despacho constam transcrições de escutas telefónicas envolvendo Armando Vara, então administrador do BCP, Paulo Penedos, assessor da PT, e Rui Pedro Soares, administrador executivo da PT.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.