Nono caso suspeito em Portugal deu negativo, mas positivo para malária

Nono caso suspeito em Portugal deu negativo, mas positivo para malária

 

AO/Lusa   Nacional   21 de Fev de 2015, 10:47

O número de casos suspeitos de Ébola em Portugal elevou-se este sábado para nove, depois de terem dado resultado negativo as análises realizadas a uma mulher proveniente da Guiné-Conacri, segundo as autoridades de Saúde.

 

A Direção-geral da Saúde e o Instituto Nacional de Saúde informaram que os resultados das análises ao caso suspeito hoje encaminhado para o hospital Curry Cabral, em Lisboa, foram negativos para o Ébola e positivos para a malária.

Em declarações à agência Lusa, o diretor-geral da Saúde, Francisco George sublinhou que “todos os procedimentos previstos no protocolo foram observados” a partir do hospital do Barreiro, onde a mulher de 30 anos deu entrada com sintomas.

A mulher tinha chegado a Portugal no dia 11 de fevereiro proveniente da província de Boke, na Guiné-Conacri, tendo adoecido na última semana, apresentando um quadro febril.

Seguindo o protocolo, a mulher foi encaminhada para o hospital Curry Cabral, unidade que tem 14 quartos de isolamento imediatamente disponíveis para receber eventuais casos de doentes infetados por vírus Ébola. Outros dez poderão ser usados na eventualidade de serem necessários.

Portugal dispõe de um plano de contingência para o Ébola que inclui linhas telefónicas para triagem e encaminhamento, a equipa do Instituto Ricardo Jorge, os três hospitais de referência (Curry Cabral, Estefânia e São João), três bases de ambulância em Lisboa, Porto e Coimbra, com 12 tripulantes equipados e de prontidão, bem como a equipa de resgate nacional, pronta para ir buscar portugueses a qualquer parte do mundo.

De acordo com os dados mais recentes da OMS, mais de 23.000 pessoas foram infetadas com o vírus do Ébola e mais de 9.400 morreram nesta epidemia, que começou em dezembro de 2013 na África ocidental, a mais grave desde que o vírus foi identificado na África central em 1976.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.