Nível de ameaça a Portugal mantém-se "moderado"

Nível de ameaça a Portugal mantém-se "moderado"

 

Lusa/Açoriano Oriental   Nacional   5 de Jul de 2017, 17:29

O nível de ameaça ao país mantém-se "moderado" depois do furto de armas e munições de Tancos, anunciou o ministro Santos Silva, acrescentando que foram tomadas medidas para reforçar a segurança pública.

"O nível de ameaça de Portugal continua a ser um nível moderado. Claro que a avaliação da ameaça faz-se sempre de forma dinâmica e permanente, mas insisto, não temos nenhum elemento que obrigue a alterar o nível de ameaça que está em moderado para o conjunto do país", disse.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, que está em funções como primeiro-ministro nas férias de António Costa, falava aos jornalistas no final de uma reunião conduzida pela secretária-geral do Sistema de Segurança Interna para fazer o ponto de situação na sequência do furto de material de guerra.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.