Nigel Farage anuncia demissão da liderança do UKIP

 Nigel Farage anuncia demissão da liderança do UKIP

 

Lusa/AO online   Internacional   4 de Jul de 2016, 11:20

O político britânico Nigel Farage anunciou que se demite da liderança do partido eurocético e anti-imigração UKIP, agora que atingiu o objetivo da sua vida: a saída do Reino Unido da União Europeia.

 

“O meu objetivo de sair da UE foi atingido (…) completei a minha missão”, declarou numa conferência de imprensa, adiantando que se demitia da liderança do Partido da Independência do Reino Unido (UKIP).

“Durante a campanha do referendo, declarei que queria recuperar o meu país. Agora, digo que quero recuperar a minha vida”, disse ainda.

Nigel Farage, de 52 anos e um dos fundadores do UKIP em 1993, já se tinha demitido da liderança do partido em 2009, devido a lutas internas no partido, e depois em 2015, por não conseguir ser eleito deputado, mas em ambas as ocasiões acabou por decidir ficar.

Hoje, insistiu: “não mudarei de ideias outra vez, prometo-vos”.

“Vim do mundo dos negócios [foi corretor] porque pensava que o nosso país se devia autogovernar. Nunca fui e nunca desejei ser um homem político de carreira”, declarou.

“Vou continuar a apoiar o partido, a apoiar o seu novo líder, vou observar de perto o processo de negociações em Bruxelas e intervir ocasionalmente no Parlamento Europeu”, adiantou Farage.

Num comunicado, Nigel Farage considerou que o seu partido poderá ainda “conhecer dias melhores” se o próximo governo não mantiver os compromissos ligados ao ‘Brexit’.

Cáustico, qualificado de racista por alguns, Farage falhou seis vezes a eleição para o parlamento britânico, mas está desde 1999 no Parlamento Europeu, tendo dedicado a carreira a denegrir as instituições europeias.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.