Nélson Évora de regresso às grandes finais

Nélson Évora de regresso às grandes finais

 

Lusa/AO Online   Outras modalidades   14 de Ago de 2014, 08:37

Nélson Évora volta a competir numa grande final de atletismo, alinhando esta quinta-feira no grupo dos 12 que vão lutar pelas medalhas do triplo salto dos Europeus de atletismo de Zurique.

O triplo saltador português, campeão do mundo em 2007 e olímpico em 2008, entra na final com a terceira melhor marca de uma qualificação direta, conseguida em dois saltos.

Évora, último atleta dos 12 a saltar, tem a quinta marca do ano entre os inscritos, com 16,97, relativante próximo dos russos Aleksey Fyodorov (17,07) e Lyukman Adams (17,29) e dos franceseses Benjamin Compaoré (17,12) e Yoann Rapinier (17,16).

A final do triplo começa depois das 19:00 de Lisboa, 11 horas depois de Ana Cabecinha e Inês Henriques se fazerem à estrada, para uma prova sempre imprevisível, em que a Rússia é a grande potência europeia.

A espanhola de origem húngara Julia Takacs, este ano com resultados espetaculares, é a grande ausente, tal como a portuguesa Susana Feitor, que tinha feito os mínimos mas a federação portuguesa optou por não inscrever.

Nos 400 metros barreiras Vera Barbosa vem de uma vitória na sua série e hoje nas semi-finais também se espera dela um resultado de bom nível, tanto mais que tem o quinto tempo entre as inscritas e uma delas, a ucraniana Hanna Ryzhykova, vice-campeã em título, já foi afastada.

Dificilmente Carla Tavares e David Lima passarão a primeira ronda dos 200 metros - a passagem às meias-finais seria mesmo uma grande feito, para eles.

Nas qualificações do salto com vara - em que o francês Renaud Lavillenie é a grande figura - tanto Edi Maia como Diogo Ferreira não estão entre os 12 melhores, à partida. Mas ambos já passaram, nesta época ou na anterior, os 5,65 metros do apuramento direto.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.