Negociações do Orçamento de Estado afectaram turismo nacional


 

Lusa   Economia   13 de Nov de 2010, 20:38

As negociações do Orçamento de Estado e as medidas de austeridade destinadas aos funcionários públicos prejudicaram este ano e vão afectar em 2011 o sector nacional do turismo, disse à Lusa o director-geral da Travelport

Em entrevista à Lusa, António Loureiro, director-geral para Portugal e Brasil da Travelport, multinacional que fornece serviços a empresas de turismo, explicou que o sector melhorou este ano o seu desempenho face ao ano passado, mas só até Outubro, quando tiveram lugar as negociações do Orçamento de Estado para o próximo ano.

“Este ano, até Setembro, tivemos uma taxa de crescimento bastante acentuada, mas em Outubro o mercado de reservas chegou a ter quedas superiores a 14 por cento. Nos meses da discussão do Orçamento de Estado o mercado retraiu-se e teve algum receio na reserva antecipada, seja de corporate [viagens de negócios] seja de lazer”, afirmou.

Este responsável defendeu que os cerca de 700 mil funcionários públicos que o país tem, multiplicado pelas respectivas famílias, são de “grande peso” para o futuro do turismo em Portugal.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.